Atividade Estruturada 3 De Psicologia

Quando no dia-a-dia, alguém diz: Para José Martí, é depositar em cada homem toda a obra da humanidade vivida, é preparar o ser humano para a vida. Isso implica que o ser humano se educa durante toda a vida. Segundo Lênin, V apud. Ainda seguindo a linha de pensamento de J. Martins, se concorda que:.

É um fenômeno cultural, pois transmite a cultura de um contexto de forma global. É ao mesmo tempo, conservadora e inovadora. É resultado que expressa ou manifesta uma cultura, como fato sócio-histórico.

Aqui só se esta definindo a categoria geral e eterna, como objeto de estudo e pesquisa da Psicologia. Desenvolvido simultaneamente nos planos, físico e intelectual, que tem consciência clara Psicologia suas possibilidades e limitações. Um homem munido de Estruturada cultura que lhe permita conhecer, compreender e refletir sobre o mundo. Por Estruturada lado, sabe-se que o Atividade humano se realiza culturalmente em tempo e espaço, e que a complexidade dos fenômenos sociais e a quantidade de cultura emanada de muitas gerações, precisam ser Atividade no tempo.

O processo pedagógico, como aspecto consciente dentro do planejamento educacional, surge a partir das mudanças sofridas pela sociedade e com o objetivo de construir determinado protótipo de ser humano.

Pode ser questionado o termo ciência, mas a idéia fica clara que o objeto é o ensino. Algo parecido, salvando a analogia, sucede com a palavra ensino. Seu posicionamento sempre foi muito claro, quando estabeleciam entre ensino e aprendizagem, uma unidade dialética. O ICCPp. Isso traz consigo um grande dilema. Ainda, uma mesma palavra utilizada em diferentes campos do saber expressa diferentes noções.

Em outra ciência, essa mesma palavra pode ser uma categoria, e em outra pode ser o próprio objeto de estudo. Libâneo é muito mais explicito e direto quando expressa que:. Neste ponto, Libâneo é novamente convincente:. Segundo Libâneo, Jp. Isto explica, em boa parte, os dilemas enfrentados, ao longo dos anos, pelo reconhecimento oficial, em muitos paises, da independência cognoscitiva e da autonomia da Pedagogia como ciência particular.

A Pedagogia tem quatro categorias gerais que devem, dialeticamente, interagir entre si. A escola, ao dizer de E. Isso acontece por ser a escola o elo essencial do estado.

A escola Psicologia quem tem o poder, quem governa. Atividade é independentemente do sistema sócio-político governando. Neste trabalho é vista como um sistema de seres vivos inter-relacionados que habitam um mesmo lugar.

Devem-se destacar com significativa importância os elementos que conformam determinada comunidade. A comunidade pode subdividir-se em duas: A outra é a comunidade interna.

Daí que seja considera uma unidade dialética tripartida. No caso especifico das leis pedagógicas se estabelecem essas relações, ou Psicologia manifestam através das relações de causas e efeitos dos processos educacionais e dos processos educativos. Sendo assim, Atividade Estruturada, para que essa lei se cumpra, é a Estruturada quem deve determinar o tipo de escola que deseja ter no Psicologia contexto.

Infelizmente, esta é a primeira lei pedagógica, e é também, geralmente, a primeira a ser violentada. Esta lei se relaciona com a primeira. Psicologia da chamada "escola da vida". É importante que sempre que seja possível estejam presentes pessoas observadoras dessas influências para verificar os efeitos em cada educando. Lei das condições sócio-culturais e genéticas sobre o desenvolvimento social e individual.

Deve-se estabelecer um balanço entre os interesses sociais e os interesses individuais. Segundo ICCP estes princípios têm sua base nas leis do materialismo-dialético e histórico. As formas concretas de realizar as ações do método científico constituem-se nas técnicas científicas desse método. Sua natureza é a mesma. Dissonante dessa perspectiva, e preocupados em considerar o homem enquanto sujeito social, inserido num contexto sócio-histórico, os psicólogos sociais adotaram o termo identidade.

Tal questionamento invariavelmente remete à identidade. Os termos identidade e social sugerem, respectivamente, um conceito que "explique por exemplo o sentimento pessoal e a consciência da posse de um eu Isso se reflete, de acordo com Bock nas perspectivas naturalista, essencialista e maturacionista que colocam no indivíduo a origem das funções psíquicas encontradas no substrato biológico. O contexto social fornece as condições para os mais variados modos e alternativas de identidade.

A identidade constitui-se de uma multiplicidade de papéis. Sob essa perspectiva, é possível conceber a identidade pessoal como, e ao mesmo tempo, social, superando a falsa dicotomia entre essas duas instâncias. A totalidade da realidade social é um princípio fundamental para captar o movimento do homem no mundo. Uma totalidade, portanto, que se materializa num tempo histórico social, totalidade concreta. E como tudo o que é natural deve nascer, assim também o homem possui seu ato de nascimento: A história é a verdadeira história natural do homem.

De acordo com Gadottias quatro "leis" da dialética compreendem: Henri Lefèbvre, apud Gadotti,p. A identidade é totalidade, e uma de suas características é a multiplicidade. Para a dialética o movimento é uma característica inerente a todas as coisas e estas necessitam ser consideradas em seu devir.

Assim como foi dito que o movimento é uma característica inerente a todas as coisas, a identidade aí se inclui. Logo, ao invés de se perguntar como a identidade é construída, seria mais sensato questionar como vai sendo construída. O homem, enquanto ser ativo, apropria-se da realidade social, atribuindo um sentido pessoal às significações sociais. Dadas as condições objetivas, as expectativas da sociedade, bem como as expectativas internalizadas pelo próprio homem, a identidade vai sendo construída num constante processo de vir a ser.

Isso revela a vida Neste fragmento fica caracterizado o mundo simbólico, marca do homem. É essa subjetividade constituída por um universo de significados que transforma o "ser" em humano. Como é gerado o novo?

A personagem pode ser a mesma: Identidade é ao mesmo tempo diferença e igualdade. Assim, a identidade implica tanto no reconhecimento de que um indivíduo é o próprio de quem se trata, como também pertence a um todo, confundindo-se com outros, seus iguais.

A identidade singular é tecida na identidade social.

Distingue-se dos demais com quem compartilha o mundo social. É certo afirmar que também o animal produz Porém produz unicamente o que necessita de imediato para si ou para sua prole; produz unilateralmente, enquanto que o homem produz universalmente.

O animal produz unicamente segundo a necessidade e a medida da espécie a que pertence, enquanto que o homem sabe produzir segundo a medida de qualquer espécie e sempre sabe impor ao objeto a medida que lhe é inerente, por isso o homem cria segundo as leis da beleza.

1 Comentário

  1. Yago:

    É importante que sempre que seja possível estejam presentes pessoas observadoras dessas influências para verificar os efeitos em cada educando.