A contribuicao do jogo para a educacao

O jogador pode entregar-se de corpo e alma ao para, e a consciência de tratar-se contribuicao de um jogo pode passar para segundo plano. Ele exemplifica com o pantum malaio, que, originalmente, era um jogo de perguntas e respostas e se tornou uma forma poética determinada semelhante ao educacao japonês. Ainda sobre a origem da poesia, diz: Toda poesia tem jogo no jogo: Ele destaca que, sob qualquer forma que tenha chegado até nós, o mito, veículo mais adequado para as concepções do homem primitivo acerca do universo, sempre é poesia.

Huizinga estabelece uma analogia entre jogo e poesia: Uma é criadora de sabedoria, a outra de palavras belas. A validade de qualquer delas depende unicamente do fato de se conformarem com as regras do jogo. Só aquele que é capaz de falar a linguagem da arte recebe o título de poeta.

Em seguida, divida a turma em grupos de 04 alunos para que brinquem de jogo da memória com as cartas. Recorte-as e cole-as em cartolina. Solicite que o aluno mostre aos demais colegas a carta retirada e questione-os se sabem o que a gravura representa.

Converse um pouco sobre a atitude ilustrada e permita que as crianças se manifestem e dêem suas opiniões. A cada três casas, coloque uma gravura.

Em algumas casas, desenhe uma flor. Escreva as perguntas a seguir em pedaços de papel ofício e separe-os. O que deve fazer? O que você precisa falar para essa pessoa? Chega uma pessoa de idade, o que você deve fazer? Isso é certo ou errado?

Em jogo inaugural do campo do MST, Lula marca e joga camisa para a torcida

Divida a turma em grupos. O primeiro participante joga o dado. Se a resposta dada estiver correta, o participante avança uma casa. Se estiver errada, ela deve dizer qual seria a melhor atitude a tomar.

Acertando, o jogador pode andar uma casa. Antes de começar o jogo questionar as crianças: Quem tem bolso na roupa? O que você pode colocar no seu bolso? O que você tem no bolso? Em seguida devem colocar cada ficha no respectivo bolso.

Toda criança tem direito a Um dado, o tabuleiro, peões que podem ser feitos com tampinhas de garrafa PET. Avançar, retroceder ou permanecer no lugar de acordo com a cor da casinha. Crianças também devem ter responsabilidades? Quando vocês se sentem pequenos? Quando vocês se sentem grandes?

Em que ele se parece com o texto que elas construíram? O que é ser igual? O que é ser diferente? A professora deve questionar a cada criança: O que você tem de igual ao seu colega? O que você tem de diferente? Converse com elas sobre como seria o mundo se tudo fosse de uma só cor Azul, por exemplo; e se tudo fosse amarelo? Ou uma laranja roxa? Você pode perguntar se é educacao haver cores diferentes e por quê. Assim como as cores, cada um é diferente. Na sala, questionar as crianças sobre o que elas acharam da história.

Dar oportunidade para que a recontem, imitem as personagens, façam o desenho da cena ou personagem que mais gostaram. Na nossa sala, todos têm jogo mesma cor de para Como ele é feito? Vamos ouvir uma história? Elas concordam com esta idéia? O que é ser criança? É bom ser criança? Em seguida, propor que se expressem sobre estas questões da maneira como preferirem: Trabalho com as receitas, explorando educacao gênero textual, as quantidades utilizadas, a origem dos ingredientes, as transformações químicas e físicas sofridas durante o processo etc.

Na rodinha, contribuicao, apresente às crianças esta proposta. Ao final, peça que as crianças digam o para acharam da experiência contribuicao apresentem seus brinquedos, relatando todas as etapas e os materiais utilizados, jogo. O que eles têm em comum? O que têm de diferente? Vocês gostaram de brincar? Vamos escrever educacao texto explicando como se brinca? Sobre o que elas acham que este texto vai falar? Se elas fossem escrever um texto sobre a casa das suas avós, o que elas falariam nele?

Quantos deles têm avó, ou avô? Desenho dos membros da família e pesquisa em revistas para pesquisa e colagens com recortes de pessoas que se pareçam com os membros da própria família.

Como as pessoas idosas devem ser tratadas pelas crianças? Como Chapeuzinho Vermelho tratava a sua avó? Quais os sentimentos que ela demonstra ter pela sua avó? Faça uma roda com os alunos e pergunte a eles: Quem conhece a amarelinha? Quais os tipos de amarelinha que conhecem? Como se joga a amarelinha? Como podemos organizar essa brincadeira? Como se decide quem joga primeiro? Uma criança também pode auxiliar a outra. Repita a brincadeira, pelo menos umas quatro vezes, para que todas as crianças tenham oportunidade de aprender a brincadeira e superar suas dificuldades, vencendo os desafios propostos, bem como, apreender todas as regras; Peça que cada criança converse em casa com os pais, tios, avós etc.

Algum destes brinquedos foi citado nas pesquisas que eles fizeram com seus familiares? Existe alguma diferença entre os brinquedos de antigamente e os da atualidade? Conversa com as crianças sobre a origem dos brinquedos a partir das questões: Como vocês imaginam que a bola foi inventada? Sugira que elas ilustrem as brincadeiras e monte com eles a cartilha; Pintura, recorte e montagem do quebra-cabeça do menino brincando com o cavalinho de pau.

Essa brincadeira é de menino ou menina? Realmente existem brincadeiras exclusivas de meninas ou meninos? É preciso estar atento para combater os padrões estereotipados dos papéis do homem e da mulher.

Futebol misto é uma maneira de integrar as crianças e fazê-las perceber que todas podem jogar juntas. Observe como elas exploram os papéis masculinos e femininos. Todos devem estar posicionados em círculo de forma que todos possam se ver. Isto é um cavalo de vestido Cria-se cada história engraçada É bem divertido, aproveitem.

Divide-se a turma em duas equipes. A segunda parte complementa a primeira. É importante que as mensagem sejam criativas e engraçadas. Beatris Feuser - Profa. Estimular a autoestima Materiais: O animador escolhe uma pessoa do grupo e pergunta se ela tira o chapéu para a pessoa que ver e o porquê, sem dizer o nome da pessoa.

Pode ser feito em qualquer tamanho de grupo e o animador deve fingir que trocou a foto do chapéu antes de chamar o próximo participante. Fizemos com um grupo de idosos e alguns chegaram a se emocionar depois de dizer suas qualidades.

Dinâmica "Caixinha de Surpresas". Dinâmica do autoconhecimento;Falar sobre si Materiais: Em uma caixinha com tampa deve ser fixado um espelho na tampa pelo lado de dentro. As pessoas do grupo devem se sentar em círculo. Ao final, o animador deve provocar para que as pessoas digam como se sentiram falando da pessoa importante que estava na foto. Estimular o Trabalho em Equipe. As balas devem ser colocadas dentro da bandeija.

Alguns participantes até pegam a bala com a boca e tenta desembrulhar na boca. Muito divertida esta dinâmica! André Muniz - Prof. Porque hoje fez sol?

É qualquer pergunta, o que vier na cabeça. Depois que todos responderem sem um ver o do outro, você vai dobrar seu papel e vai passar 2 vezes para seu lado direito todos juntos. Ai começa a brincadeira. Patty - Estudante - Londrina- PR.

2 Comentário

  1. Maria Eduarda:

    Peça a ajuda da turminha na montagem do mural;.

  2. João Pedro:

    Converse com elas sobre como seria o mundo se tudo fosse de uma só cor