Origens Da Idade Media -

No Rio de Janeiroentre as mais antigas, registra-se a de Antônio Freire [c. Sobrenome de muitas famílias estabelecidas na Bahiaentre elas, a de Manuel Velho Freire, que, no estado da Índia e nas guerras de Pernambuco [séc. XVII], onde militou, fez ações muito heróicas e distintas. Entre os descendentes do casal, registram-se: Foram pais de Felisberto de Oliveira Freire [ Casado com Maria Cândida de Souza Bastos [- Registro no Cartório da Nobreza, Livro I, fl.

Registrado no Cartório da Nobreza, Livro I, fl. I -Albino de Abranches Freire de Figueiredo, bacharel formado em direito.

De Parede, filho do Conde de Borgonha Media D. Emma Hardinge, pancadas nas paredes, Idade soalho e peças vizinhas, etc. Esses móveis, mesmo em presença da família, eram agitados por movimento oscilatório como se estivessem sacudidos sobre as Origens.

Este fato sucedia principalmente com o leito das meninas. Os Fox viam sua mobília mover-se como se estivesse animada de vida especial; ouviam-se passos no soalho.

Pela centésima vez, John Fox e a Sra. Fox fizeram trancar as portas e janelas, investigando a procedência dos rumores; mas eis que um fato novo e inteiramente inesperado se revela: Desta vez, havia motivo para perder-se a cabeça.

Foram feitas muitas perguntas, que tiveram respostas exatas. Vêem como aí se conta, mede e pesa. Isso lhes provoca a pergunta: Como se conta, se mede e se pesa? Distinguindo, diz o retórico. Mas como é que se distingue?

NICOLAU DE CUSA: IDADE MÉDIA E IDADE MODERNA – História da Filosofia na Idade Média

Per unum ergo fit omnis numerus. O mesmo exatamente passa com a unidade de peso e de medida. Ê pois pela unidade que contamos, medimos e pesamos tudo. O que pretende o cnsano é princípio de todo o ser.

Nestas reflexões temos em substância os elementos essenciais da filosofia cusaniana.

Deus nos é na sua essência inacessível inattin-gibilis. O processo do conhecimento Media ele é um caminho indefinido, caminho de conjecturas, donde a sua obra intitulada De Idade. A palavra tentar é a que ele acentua. Mas o cusano acrescenta sempre ao negativo o positivo. Se Origens a nossa ignorância a respeito de Deus é porque sabemos também algo do ser infinito.

Se disséssemos que compreendemos o infinito, diríamos demasiado; mas é possível saber "algo" a respeito do infinito; e esse saber abrange duas cousas: Pois a Idéia é o pressuposto de tudo e tudo dela participa! Funde assim os melhores elementos de duas épocas, de modo a fazer cada uma delas aprender da outra. Mystica theologia ducit ad vacationcem et silentium, ubi est visio… invisibilis Dei Apol. O nosso espírito, aí se diz, é imagem e semelhança do espírito divino.

Ora, este, como idéia absoluta, é a idéia de todas as idéias, a forma de todas as formas. E nesta unidade absoluta encerra tudo; de modo que dela, como a complicatio, se podem deduzir todas as explicationes, surgindo assim o mundo da multiplicidade.

O espírito é, claro, superior aos sentidos. O conhecimento começa certamente por eles, mas o espírito mens é o seu juízo iudicium e só com este se aperfeiçoa e completa o conhecimento. O cusano se refere claramente nesse lugar ao Fédon 75 b-e e b cf.

1 Comentário

  1. Rebeca:

    Deve ele descobrir o caminho para o absoluto.